Tópico 2 Análise de audiências

Mesmo que uma organização cultural tenha uma ideia sobre o perfil e possível categorização do seu público, o marketing deve depender de dados reais disponibilizados pela análise do público. Essa análise disponibiliza informação quantitativa e qualitativa inestimável sobre visitantes e não-visitantes que apoiam o planeamento estratégico da organização. A informação geralmente recolhida refere-se a perfis demográficos; frequências e hábitos de participação; preferências culturais e de lazer; razões para a não participação, utilização de ferramentas de marketing; avaliação das infraestruturas, serviços e produtos da organização; e propostas de alteração.

A análise do público requer recursos intensivos. Requer conhecimentos especializados para a sua realização, bem como para analisar e interpretar os dados. Apesar do seu grande significado, torna-se inútil se uma organização não agir com base em resultados para conceber e atualizar estratégias, para avaliar e afinar produtos e serviços e para responder às preocupações geradas com esse processo. Na falta de meios e conhecimentos adequados, as organizações culturais ou ignoram a análise do público ou utilizam relatórios já existentes, que podem não disponibilizar os dados essenciais e específicos de cada tipo de público de que necessita.

Métodos de investigação normalmente utilizados no setor cultural

Title: Research methods usually used in the cultural sector. Graph by Maria Kouri

cubesproject