Tópico 3 Reconhecer laços e ligações

Ao desenvolver a network, é importante reconhecer o que já a constitui. Assim, antes de procurar novas ligações, observar as que já tem poderá ajudar a compreender que tipo de relações dispõe na sua network e como as pode explorar da melhor forma. Aqui, todos os tipos de networks – pessoais, sociais ou profissionais – podem ser utilizados para vários fins.

Os laços fracos são usados para passar e obter as informações e serviços que seriam impossíveis de conseguir a partir de laços próximos. Em contraste, os laços fortes são utilizados para obter os recursos e ajuda mais importantes. Os laços fortes são menos diversificados, mas mais eficientes.

No setor cultural, os aspetos formais e informais sobrepõem-se normalmente e não podem ser separados de forma clara.

No início da network, os membros da família desempenham um papel crucial na obtenção de qualquer tipo de ajuda e apoio. São de maior importância quando a network é pequena e consiste em laços homogéneos. O número e a variedade delaços com a família pode até ultrapassar o número de pessoas do exterior.

Source: Miguel Bruna on Unsplash.

No entanto, ao reconhecer e explorar a network familiar, é importante desenvolver continuamente a network exterior à família, porque a dependência dos seus membros pode restringi-la. Por este motivo, é essencial formar uma network que disponibilize diversos conhecimentos, aptidões e ocupações. Por outro lado, isso não significa que os novos contactos devam sempre substituir os antigos.

É provável que as pessoas se concentrem na manutenção dos laços sociais existentes e não na substituição de laços antigos. Além disso, os criadores de networks bem-sucedidas devem utilizar as ligações existentes para criar novas ligações. Por conseguinte, todo o processo de ligação em network deve ser encarado como um processo contínuo de procura de novas relações e estabelecimento de novos laços, em vez de alargamento da network e troca de informações e serviços apenas posteriormente.

A network não tem qualquer valor por si só, sendo apenas útil quando tem relações ativas. A inabilidade de manter laços fortes com todos os agentes da network provém do fato de que o seu desenvolvimento e manutenção não é apenas rentável, mas também dispendioso.

cubesproject