Tópico 4 Exemplos práticos de posições culturais nos ODS

As organizações investem muito em marketing. No entanto, quando o público-alvo é exposto à mensagem, o impacto é fraco. Normalmente, tais situações surgem com iniciativas sociais.

Nesses casos, ir diretamente às comunidades e recolher conhecimentos sobre as mesmas revela-se fundamental. Só então se pode definir a mensagem e os canais de comunicação para ter um impacto real (ver: ODS 11).

A cidade de Vilnius (Lituânia) tem vindo a fazê-lo com o distrito de Naujininkai, tendo criado uma iniciativa cultural bottom-up – novos planos de ativação de infraestruturas.

As startups e as empresas inovadoras normalmente debatem-se com a questão “Como manter um cliente?” Por outras palavras, como criar o valor que forma um vínculo leal com uma pessoa? Investir no sistema e não num simples processo de aquisição pelo utilizador cria um elevado valor para um stakeholder. A inovação torna-se o facilitador da cultura e estabelece os padrões. Faz com que os utilizadores apreciem o valor e as empresas criem resiliência às situações de maior complexidade económica.

No caso lituano, os inovadores de car-sharing Citybee investiram fortemente nas infraestruturas para proporcionar a melhor experiência de mobilidade (ver: ODS 9) para todos, mesmo os concorrentes.

cubesproject