Tópico 5 Aprovação e implementação

Depois da aprovação do seu projeto, é altura de concretizar as tarefas estipuladas!

Defina-as de acordo com o seu plano de projeto, de modo a cumprir os objetivos pré-definidos.

Não se esqueça de que essa é a razão pela qual a angariação de fundos foi bem-sucedida e para a qual obteve financiamento! Seja responsável e profissional.

 

Mantenha os seus financiadores satisfeitos!

  1. Comunique eficazmente
  • Se um financiador importante solicitar especificamente que lhe envie todas as comunicações por correio – e não telefone ou por e-mail – respeite essa solicitação;
  • Realce a qualidade face à quantidade;
  • Nunca perca uma oportunidade de salientar a credibilidade da organização.
  1. Realize um inquérito
  • Os processos de inquirição funcionam. Disponibilizam informação necessária para compreender as necessidades e desejos individuais de cada financiador principal. Constituem, igualmente, uma forma de promover o envolvimento;
  • Incentive o seu preenchimento;
  • Inclua-os juntamente com o envio de outra informação, tal como uma newsletter ou uma nota de agradecimento;
  • Desenvolva-o de forma a que seja simples e que possa ser preenchido rapidamente.
  1. Convide os financiadores, os principais stakeholders e potenciais financiadores para eventos específicos
  • Além de galas e festas, procure convidá-los para briefings telefónicos VIP, visitas a sítios web e encontros virtuais.
  1. Disponibilize atualizações programáticas individualizadas
  • Quando envia informações, releve os aspetos do programa que são mais determinantes para os financiadores, de forma individual, se necessário. As atualizações individualizadas necessitam de mais tempo e esforço, devendo, por essa razão, iniciar este processo com os seus 10 principais financiadores e stakeholders.
  1. Agradeça as vezes que for necessário
  • Não há nada mais eficaz do que uma nota de agradecimento calorosa, pessoal e manuscrita. Alguns financiadores podem preferir o reconhecimento por correio eletrónico, pelo que deve também fazê-lo e ajustar-se às particularidades de cada um;
  • O reconhecimento público também pode ser importante para alguns financiadores.
  1. Dê o devido reconhecimento
  • Ao ler o relatório anual das atividades desenvolvidas, os financiadores dão particular atenção às páginas de reconhecimento e agradecimento aos financiadores, procurando os seus nomes. Certifique-se de que não se esquece de ninguém e que os nomes ou as designações das entidades que o apoiaram estão bem escritos;
  • Reflita sobre a possibilidade de atribuir prémios, placas, nome a salas ou edifícios, etc., para os financiadores mais relevantes ou que atingem determinados níveis de financiamento;
  • Outros reconhecimentos públicos podem incluir eventos de pequena, média ou grande dimensão, onde a sua organização pode encorajar o apoio filantrópico de outros potenciais financiadores.
  1. Pratique a escuta ativa
  • Ouça os seus financiadores e responda de forma ativa. Deste modo, reforça a confiança e a credibilidade a longo prazo.
  1. O público é o elemento essencial
  • Assegure-se de que comunica com base nas caraterísticas do seu público específico. Se uma determinada comunicação for dirigida a financiadores online, envie-a por correio eletrónico. Para os financiadores com quem se relaciona por correio, comunique por correio;
  • Pense simultaneamente no seu público coletivo e individual.
  1. Identifique e utilize os seus melhores embaixadores organizacionais
  • Quem representa a sua organização de forma mais eficaz: o CEO, o presidente do conselho de administração, os responsáveis pelo programa ou todos em conjunto?
  1. Estabeleça uma cultura de gestão dirigida para os grandes financiadores
  • Implemente a uma modelação de liderança sénior;
  • Formação de embaixadores na direção e entre colaboradores;
  • Enfatize o ciclo de financiamento (Boland, 2010).
cubesproject